sexta-feira, 18 de julho de 2014

Opinião: João Paulo lidera com 35% contra 14% de Fernando, na disputa pela vaga de Senador


Na corrida para o Senado, o deputado João Paulo (PT), da coligação de oposição, aparece na liderança com 35,1% das intenções de voto, seguido do candidato da Frente Popular, o ex-ministro Fernando Bezerra (PSB), que tem 14,6%. Diferentemente de Armando, que lidera em todas as regiões do Estado, João Paulo leva desvantagem para o adversário no Sertão do São Francisco e no Alto Sertão.

No São Francisco, Fernando aparece com 54,5% contra 10,4% e no Alto Sertão tem 26,5% contra 16,8%.

Já nas demais regiões do Estado, João Paulo leva nítida vantagem. Na Região Metropolitana do Recife, por exemplo, desponta com 48,4% contra 9,5% de Fernando. Na Zona da Mata, o placar é de 37,6% contra 9,1%.

E no Agreste, João tem 26,2% contra 10,1% de Fernando. Na estratificação, os maiores percentuais do petista estão entre os eleitores com grau de instrução da 5ª a 8ª séries (39,5%), entre os eleitores na faixa etária acima de 60 anos (38,8%) e entre os eleitores com renda familiar entre três e cinco salários (37,5%).

Os menores indicadores de votos de João estão entre os eleitores com grau de instrução até a 4ª série (26%), entre os eleitores com renda familiar até um salário mínimo (31%) e entre os eleitores na faixa etária entre 45 e 59 anos (32,9%). Por sexo, o petista tem a preferência de 37,3% dos eleitores masculinos e 33,2% dos eleitores femininos.

Já o candidato do PSB, Fernando Bezerra Coelho, tem seus melhores percentuais entre os eleitores jovens, na faixa etária entre 16 a 24 anos (20,6%), entre os eleitores com grau de instrução superior (18,1%) e entre os eleitores com renda familiar entre três e cinco salários (17,1%).

Os menores indicadores estão entre os eleitores na faixa etária entre 25 e 34 anos (11,9%), entre os eleitores com renda familiar até um salário mínimo (12,3%) e entre os eleitores com grau de instrução entre a 5ª e a 8ª séries (12,1%). Por sexo, Fernando tem a preferência do eleitor masculino – 18,4% contra 11,2% do feminino.

METODOLOGIA - A modalidade adotada é a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram aplicados dois mil questionários em 80 municípios do Estado distribuídos nas regiões do Agreste, Zona da Mata, Região Metropolitana, São Francisco e Sertão.

Opinião: Armando sai na frente com 40% e Câmara tem 8%

Primeira pesquisa do Instituto Opinião, de Campina Grande, sobre a sucessão estadual, com exclusividade para o blog do Magno Martins, aponta o candidato do PTB a governador, Armando Monteiro Neto, na dianteira com 40,5% das intenções de voto, enquanto o candidato do PSB, Paulo Câmara, aparece com 8,4%.

O candidato do PSOL, Zé Gomes, tem 2,5%, Jair Pedro (PSTU) 1,6%, Miguel Anacleto (PCB) 1,1% e Pantaleão (PCO) 0.9%. Brancos e nulos somam 17,3% e 27,7% disseram que estão indecisos.
O levantamento foi a campo entre os dias 9, 10, 11 e 12 deste mês em 80 municípios do Estado, sendo aplicados dos mil questionários. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra feita em todas as regiões do Estado.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-00222/214 e no Tribunal Regional Eleitoral no PE-00009/2014. Armando lidera com folga em todas as regiões do Estado, sendo seu maior percentual no Agreste, onde aparece com 47,6% contra 7,1% de Câmara. Na Região Metropolitana, o trabalhista tem 36% contra 8,5% do socialista.

Já na Zona da Mata, Armando desponta com 47,6% contra 7,1% do adversário, no Vale do São Francisco tem 31,3% contra 10,4% de Câmara, enquanto que no Sertão aparece com 44,2% contra 13,3%. Na estratificação social da pesquisa, os maiores percentuais de Armando estão entre os eleitores com renda entre um e três salários (43,7%).

Vem em seguida os eleitores na faixa etária acima de 60 anos (43%), os eleitores com grau de instrução no ensino médio (43,3%) e entre os eleitores do sexo masculino (44,5%). Os menores percentuais do trabalhista se situam entre os eleitores com grau de instrução até a 4ª série (32,7%), os jovens (37,1%) e entre os eleitores com renda familiar até um salário mínimo (36,5%).

Já Paulo Câmara tem seus maiores percentuais de intenção de voto entre os eleitores com renda familiar acima de 10 salários (15,1%), entre os eleitores com grau de instrução superior (11,9%) e entre os eleitores na faixa etária de 16 a 24 anos (12,5%). Quanto ao sexo, Câmara tem 11% dos eleitores masculinos e 6,1% dos femininos.

Seus menores percentuais aparecem entre os eleitores com grau de instrução entre a 5ª e a 8ª séries (5,8%), entre os eleitores com renda familiar até um salário mínimo (6,4%) e entre os eleitores na faixa etária entre 25 e 34 anos (6,5%).

METODOLOGIA - A modalidade adotada é a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram aplicados dois mil questionários em 80 municípios do Estado distribuídos nas regiões do Agreste, Zona da Mata, Região Metropolitana, São Francisco e Sertão.

do Blog do Magno Martins.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

PRESIDENTE DO PSB DE VENTUROSA APOIA ÂNGELO FERREIRA PARA ESTADUAL E JOÃO FERNANDO PARA FEDERAL



O Vereador João Henrique Bezerra Zacarias (PSB) declarou no ultimo dia 15 de julho que vai apoia os candidatos do Partido que preside em Venturosa o PSB.

Ângelo Ferreira para estadual, João Fernando para federal, Fernando Bezerra para o senado, Paulo Camará para Governador e Eduardo Campos para Presidente da Republica, todos pertencem ao PSB.

Em trés campanhas que o Vereador João Henrique apoia candidatos diferentes do seu grupo politico local.

Em 2006 apoiou Henrique Queiros (PP) para estadual e obteve 907 votos, já o federal Eduardo da Fonte (PP) obteve 862 votos.

Em 2010 apoiou Ângelo Ferreira (PSB) para estadual e obteve 570 votos, já a federal Ana Arraes (PSB) obteve 779 votos.

Datafolha: Dilma lidera com 36%; Aécio 20%; Eduardo 8%

Pesquisa Datafolha divulgada pela TV Globo, nesta quinta-feira (17), mostra que a disputa pela Presidência da República não apresentou grandes mudanças em relação aos últimos números apresentados pelos institutos de pesquisa. Esta é a primeira sondagem a ser realizada após o final da Copa do Mundo no país.

Veja os números:

Dilma Rousseff (PT) - 36%
Aécio Neves (PSDB) - 20%
Eduardo Campos (PSB) - 8%
Pastor Everaldo (PSC) - 3%
Brancos e nulos - 13%
Indecisos - 14%

Na disputa pelo segundo turno, o cenário apresenta os números abaixo:

Dilma 44% X 40% Aécio

Dilma 45% X 38% Campos

Quanto à avaliação do governo, os números foram os seguintes:

Bom/Ótimo - 32% (queda de 3 pontos)
Regular - 32% (queda de 3 pontos
Ruim/Péssimo - 29% (subida de 3 pontos)

Em relação à pesquisa anterior, a taxa de rejeição a Dilma subiu de 32% para 35%. O segundo mais rejeitado é o candidato Pastor Everaldo (PSC), que tem 3% das intenções de voto, mas 18% de rejeição. Os que rejeitam Aécio oscilaram de 16% para 17%. Campos mantém os 12% da pesquisa anterior.

O Datafolha ouviu 5.377 eleitores em 223 municípios na terça (15) e nesta quarta-feira (16). O levantamento foi encomendado pela Folha em parceria com a TV Globo.

A última pesquisa Datafolha foi divulgada em 2 de julho. Nela, a presidente Dilma Rousseff (PT) cresceu de 34% para 38% em um mês. No mesmo intervalo, o candidato do PSDB, Aécio Neves, oscilou de 19% para 20%. Já o candidato do PSB, Eduardo Campos variou de 7% para 9%, deixando assim a posição de empate técnico com o candidato Pastor Everaldo Pereira (PSC), estacionado em 4%.(Portal BR 247)

Armando Monteiro deixa Senado. Douglas Cintra toma posse prometendo combate às desigualdades

Tomou posse nesta quinta-feira, 17, o senador Douglas Cintra (PTB-PE), suplente de Armando Monteiro, durante cerimônia conduzida pelo presidente da Casa, Renan Calheiros. Ele ocupará até novembro a cadeira do titular, que se licenciou por 120 dias para se dedicar a campanha eleitoral.
No Plenário, ele prestou compromisso e, após, recebeu os cumprimentos de parlamentares.
Em sua primeira manifestação como senador, prometeu trabalhar para que as desigualdades regionais que hoje existem em Pernambuco, nas diferentes regiões, do Sertão, Agreste, Zona da Mata e Metropolitana sejam amenizadas e o Estado possa ser mais equilibrado.
“Nossa prioridade é atuar para que Pernambuco possa ser mais equilibrado e isso, evidentemente, pode e deve ser feito por meio, prioritariamente, da melhoria da educação. Educação aliada a investimentos no interior para que possamos fazer com que essas oportunidades que foram geradas nos últimos anos, sobretudo na Região Metropolitana do Recife possam ser estendidas ao nosso interior”, destacou. O parlamentar defendeu ainda o setor produtivo, desde o pequeno empreendedor, especialmente os que trabalham com a agricultura familiar, até os grandes empreendimentos.
Douglas Cintra, empresário caruaruense, enfatizou que a região Agreste de Pernambuco colherá bons frutos com o seu trabalho no Senado Federal. Disse ainda que substituir Armando Monteiro é uma grande responsabilidade pelo capital político nacional que o senador dispõe.
A cerimônia de posse de Cintra foi acompanhada pela esposa Adriana Cintra, pelos pais, Djalma e Marliete Cintra, e pelo casal de amigos Horácio Fortes e Marlete Santos, além do vereador João Chaves (PDT), além do vereador João Chaves .
“Pretendemos lutar para que as desigualdades que hoje existem em Pernambuco, do Sertão, passando pelo Agreste, Zona da Mata e Metropolitana, com visíveis distorções com relação à renda, oportunidades de trabalho e outras áreas, como educação e saúde, sejam amenizadas. Nossa prioridade é trabalhar para que o Estado possa ser muito mais equilibrado. Isso, evidentemente, pode e deve ser feito por meio, prioritariamente, da melhoria da educação. Educação aliada a investimentos no interior para que possamos fazer com que essas oportunidades que foram geradas nos últimos anos, sobretudo, na Região Metropolitana do Recife, possam ser estendidas ao nosso interior. Cada uma dessas regiões tem capacidades, têm potenciais diferentes. Por isso vamos trabalhar regionalmente para desenvolvê-las”.

Senado aprova projeto que regulamenta guardas municipais e autoriza uso de arma

O plenário do Senado aprovou ontem quarta-feira (16) o projeto de lei que regulamenta a criação e o funcionamento das guardas municipais. De autoria do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), o texto aprovado permite aos guardas municipais o uso de arma de fogo, nos casos previstos no Estatuto do Desarmamento. O texto segue para sanção da presidente Dilma Rousseff.
Várias cidades brasileiras já contam com a Guarda Municipal. Em algumas delas, os agentes de segurança têm autorização para andar armados, conforme prevê a  a Lei 10.826/2003, o Estatuto do Desarmamento. Em Belo Horizonte, no entanto, os profissionais não podem contar com os equipamento até que o município regulamente o uso, permitindo a retirada do porte com a Polícia Federal. Para isso, os guardas precisam passar por treinamento ministrado pela corporação federal. Desde 2005 a Prefeitura de BH tem cerca de 350 revólver e pistolas, mas os materiais não podem ser usados. O impasse na capital miniera já foi motivo de  vários protestos dos guardas.
A votação foi a última da noite dessa quarta-feira e de antes do recesso branco do Congresso, que só voltará a se reunir no dia 5 de agosto. De acordo com o texto, as guardas municipais são incumbidas da função de proteção municipal preventiva e comunitária, ressalvadas, quando presentes, as competências da União, dos estados, do Distrito Federal e dos territórios.
O projeto também estabelece como competência geral das guardas municipais, a proteção dos bens, serviços, logradouros públicos e instalações do município, bem como da população. Estão incluídos os bens de uso comum, os de uso especial e os dominiais (bens públicos sem destinação definida, como prédios desativados). A proposta estabelece ainda que qualquer município pode criar sua guarda municipal, que será subordinada ao chefe do Executivo local. De acordo com o projeto, a corporação não pode ter efetivo superior a 0,5% da população do município.
A proposta aprovada hoje permite a criação de guarda municipal, subordinada ao regime da lei e das normas suplementares, para atuar em região metropolitana legalmente constituída e de fronteira. A Guarda Municipal Metropolitana pode ser instituída somente pelo município mais populoso e atuará em um ou mais dos municípios que integrem a região metropolitana, mediante convênio.

PTB chama de “inconsistente” tentativa de impugnar os candidatos da oposição

Em nota divulgada nesta quarta-feira (16), os partidos que apoiam o petebista Armando Monteiro Neto (PTB) para o Governo do Estado classificam de “desespero” a impugnação da candidatura dele e do deputado federal João Paulo (PT), para o Senado, por um advogado supostamente vinculado à Frente Popular de Pernambuco.
O pedido de impugnação foi protocolado ontem à noite no Tribunal Regional Eleitoral, último dia do prazo para esse tipo de contestação.
A assessoria jurídica da Frente Popular diz não ser responsável pelo pedido mas os partidos que apoiam o senador não acreditam nessa versão.
Veja, abaixo, a nota divulgada hoje pela coligação “Pernambuco vai mais longe”:
Com relação à tentativa desesperada de impugnar as candidaturas de Armando Monteiro ao governo e de João Paulo ao Senado, cabe-nos informar o seguinte:
I) Esta ação é destituída de qualquer base legal e por isso inteiramente inconsistente. Os advogados da “Coligação Pernambuco Vai Mais Longe” adotarão as providências necessárias;
II) Ao terceirizar iniciativas e questionamentos inteiramente deslocados do espaço do debate político, algo inédito na história recente de Pernambuco, nossos adversários apelam para uma linha desqualificada de campanha e de atuação política;
III) A população de Pernambuco saberá julgar esse tipo de atitude e espera que se faça nestas eleições uma campanha limpa e propositiva.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

PRF apreende mais de 800 kg de queijo em Caetés, produto seguia de Venturosa para são Lourenço da Mata


Aproximadamente 802 kg de queijo transportado sem refrigeração foram apreendidos nesta ultima segunda-feira (14) no quilômetro 66 da BR-424 em Caetés, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), eram 718 kg do tipo coalho e 84 kg de queijo manteiga. Este último estava com a data de fabricação adulterada. Todos eles estavam sem nota fiscal.

Ainda segundo a PRF, um homem de 48 anos transportava o queijo, que estava sendo levado na carroceria de um Ford F250 de Venturosa, no Agreste, para São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. O produto apreendido foi levado para o posto da PRF em Garanhuns e entregue à Agência de Defesa Agropecuária de Pernambuco (Adagro) para incineração.


Ainda segundo a PRF, um homem de 48 anos transportava o queijo, que estava sendo levado na carroceria de um Ford F250 de Venturosa, no Agreste, para São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. O produto apreendido foi levado para o posto da PRF em Garanhuns e entregue à Agência de Defesa Agropecuária de Pernambuco (Adagro) para incineração.

do G1

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Dilma Rousseff (PT) terá 11 minutos e 48 segundos de TV

O Tribunal Superior Eleitoral divulgou ontem (10) o cálculo do tempo de televisão a que os candidatos à Presidência da República terão direito na próxima campanha eleitoral.
De acordo com o TSE, a coligação “Com A Força do Povo” que apoia a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) terá 11 minutos e 48 segundos de TV.
Já a coligação “Muda Brasil”, do candidato Aécio Neves (PSDB), terá 4 minutos e 31 segundos, ao passo que a coligação “Unidos pelo Brasil”, que apoia Eduardo Campos (PSB), terá apenas 1 minuto e 49 segundos.
O restante do tempo no rádio e na TV ficou dividido da seguinte forma:
a) Pastor Everaldo Pereira (PSC) – 1 minuto e 8 segundos
b) Eduardo Jorge (PV – 1 minuto e 1 segundo)
c) Luciana Genro (PSOL) – 51 segundos
d) José Maria Eymael (PSC) – 47 segundos).
e) Os candidatos Levy Fidelix (PRTB), Zé Maria (PSTU), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) terão 45 segundos cada um.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Campanha de Armando ganha as ruas de Pernambuco

O material de campanha do candidato Armando Monteiro (PTB) já está em todas as regiões do Estado, levando para a população uma mensagem de que Pernambuco pode ir mais longe. Bandeiras, adesivos, cartazes, cavaletes e o jingle conclamando a população a vencer os novos desafios estão sendo exibidos em pontos de grande circulação. Usando o azul da bandeira pernambucana como base, as peças gráficas trazem cores que refletem a alma do povo de Pernambuco. Um povo que não se dobra, que faz da sua história o combustível de sua independência.
 
O conceito da campanha da coligação Pernambuco Vai Mais Longe (PTB-PDT-PT-PSC-PRB e PT do B), explica o marqueteiro Marcelo Simões, aponta para a necessidade de continuidade da grande parceria dos últimos 11 anos entre Pernambuco e o governo federal, materializada nas figuras do ex-presidente Lula (PT) e da presidente Dilma Rousseff (PT). "Pernambuco chegou a um estágio de crescimento, por causa da parceria com Dilma e Lula, e isso não pode ser interrompido. 'Ir mais longe' significa isso: não é apenas avançar, é muito mais que isso"' diz Simões.
 
Outro aspecto destacado na campanha de Armando é a independência do pernambucano. "O povo daqui tem capacidade de politização diferenciada. Nossa campanha enaltece essa característica guerreira do pernambucano, que não se dobra", prossegue o marqueteiro. "Pernambuco tem histórico de escolher líderes experientes, que sabem dialogar com a sociedade. É disso que o Estado precisa e este líder é Armando".
 
As peças publicitárias são variadas, mas sempre têm a base azul, a cor predominante da bandeira de Pernambuco. "No primeiro momento, teremos o próprio Armando, que aparece junto com João Paulo (PT, candidato a senador). Mas também temos peças com a presidente Dilma e o ex-presidente Lula", explica Marcelo Simões, salientando que, ao lado das peças gráficas, o jingle da campanha  tem tido ótima recepção.

Popó Vaz Secretário de governo da Pedra visita o distrito de São Francisco e começa articulação para as eleições

Herdeiro político natural do prefeito Zeca Vaz (PTB), secretário de governo, Popó Vaz, já começou as andanças pelo município e vem intensificando as articulações para ajudar o prefeito a mostrar toda a sua liderança política, fazendo com que os candidatos apoiados por ele sejam majoritários nas eleições de outubro próximo. Nesse projeto, o primeiro distrito a ser visitado foi o de São Francisco, onde Popó foi recebido com muito entusiasmo por populares e se reuniu com algumas lideranças locais para traças as estratégias de campanha. A chapa apoiada pelo prefeito Zeca Vaz e formada pelos candidatos Júlio Cavalcanti (deputado estadual), Zeca Cavalcanti (deputado federal), João Paulo (senador), Armando Monteiro (governador) e Dilma Rolsseff (presidente).

blog do PC Cavalcanti

Eduardo diz que não aceitará o PMDB em seu governo

Em visita ao Maranhão, estado no qual o senador José Sarney (PMDB-AP) fez sua carreira política, o candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, afirmou nesta quinta-feira (10) que, se for eleito, o PMDB não fará parte de seu eventual governo. Apesar de o PSB ter se coligado com o PMDB em oito das 27 unidades da federação, Campos declarou que quem quiser continuar ao lado de Sarney deve votar em Dilma Rousseff (PT) ou Aécio Neves (PSDB).
"Fui o único candidato que disse com todas as letras que quando eu e Marina estivermos governando o Brasil, a partir do dia 1º de janeiro, o PMDB, de José Sarney, estará na oposição. Será a primeira vez, em 50 anos, que a gente vai ter muita unidade política", disse o presidenciável do PSB durante ato político em São Luís (MA).
"Quem quiser prestar homenagem ao Sarney, vota na Dilma. Quem quiser continuar com o Sarney no governo, pode votar também no Aécio, porque todo mundo sabe que esse PMDB tá com o pé em duas canoas. Agora, a única canoa que ele [o PMDB] não bota o pé, é na nossa", complementou Campos. 

Blog do Magno.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Investimentos em parques eólicos somam mais de R$ 3 bilhões no Agreste e Sertão de Perambuco

O empreendimento esta em fase de implantação nas cidades de Caetés, Capoeiras, Iati, Paranatama, Pedra, Pesqueira, Poção, Saloá e Venturosa.

Com o objetivo de aumentar a produção de energia eólica no Estado, 30 parques estão em fase de projeto ou construção, e cinco em fase de operação em Pernambuco, localizados em 14 municípios. Ao todo, os empreendimentos somam mais de R$ 3 bilhões. Quando todos estiveram operando, terão capacidade para gerar mais de 800 Megawatts (MW), segundo o secretário executivo de Gestão do Desenvolvimento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (SDEC), Roberto Abreu e Lima.

"Hoje temos torres sendo fabricadas com alturas entre 80 e 100 metros. Diante disso, novas medições foram feitas e foram encontradas boas jazidas de vento em Pernambuco. Além disso, o Estado possui uma boa malha de transmissão, o que facilita e reduz o custo das empresas para interligar os parques às linhas já existentes", afirma o dirigente.

No Complexo Industrial Portuário de Suape, que fica no Grande do Recife, fazem parte do polo de equipamentos eólicos a Impsa, fabricante argentina de aerogeradores; a espanhola Gestamp, que produz torres; e a dinamarquesa LM Wind Power, que fabrica pás. Os três empreendimentos somam um aporte de R$ 422 milhões, gerando 3,3 mil empregos diretos. Está prevista, ainda, a instalação de uma fábrica de flanges, fechando a cadeia produtiva das grandes peças.

"Além dos empregos gerados na fase de instalação, teremos a geração de empregos também na fase de manutenção desses parques. Além disso, eles estão sendo instalados em terras privadas, pertencentes a pequenos produtores rurais, que vão receber royalties pela instalação das torres", afirma Abreu e Lima.

De acordo com o secretário, pelos preços de mercado, cada família chega a receber em média entre R$ 2 mil e R$ 3 mil por cada torre instalada em suas terras, por um período que varia de 20 a 25 anos. Outro aspecto positivo destacado pelo dirigente é que esses parques são capazes de movimentar toda a economia dos locais onde são instalados.

Levantamento feito pela SDEC mostrou que os parques em operação estão situados nos em Gravatá, Macaparana e Pombos, no Agreste, região onde estão sendo projetados ou em fase de construção empreendimentos nas cidades de Caetés, Capoeiras, Iati, Paranatama, Pedra, Pesqueira, Poção, Saloá e Venturosa (A). No Sertão, serão beneficiados os municípios de Araripina e Tacaratu.

Daniel leva juventude do PSDB para palanque de Armando mas ainda se nega a apoiá-lo

daniel coelho - foto rinaldo marques alepeO deputado estadual Daniel Coelho (PSDB) levou ontem ao escritório político do senador Armando Monteiro (PTB) uma parte da juventude tucana que pretende apoiá-lo nas eleições de governador.
No entanto, garante que ficará neutro na disputa – nem apoiará Armando nem o candidato Paulo Câmara (PSB).
Pedirá votos somente para ele, que é candidato a deputado federal, e para o senador Aécio Neves (PSDB), que disputa a Presidência da República.
Mesmo assim, se deixou fotografar ao lado do senador, cujas fotos foram enviadas aos jornais do Recife e às redes sociais.
Formalmente, o partido de Daniel (PSDB) integra a Frente Popular. Mas ele tem autorização da direção regional para não votar em Paulo Câmara (PSB) porque fez oposição aos dois governos de Eduardo Campos (PSB).

JOSÉ MARIA EYMAEL É O PRESIDENCIÁVEL COM MAIOR PATRIMÔNIO

: José Maria Eymael (PSDC) é o candidato à Presidência da República com maior patrimônio declarado à Justiça Eleitoral. Seus bens somam mais de R$ 17 milhões em imóveis, carros, embarcações, participações em empresas, investimentos, entre outros.
O segundo maior patrimônio declarado é o do tucano Aécio Neves. O senador diz ter R$ 2,5 milhões, em parte pela herança de seu pai, que morreu em 2010, o que aumentou seus bens em quase R$ 700 mil em cotas de uma empresa e joias.
Já a presidente Dilma Rousseff aparece em terceiro, com R$ 1,75 milhão. A candidata petista à reeleição declarou imóveis, a maioria em Porto Alegre (e um em Belo Horizonte), joias, dinheiro em poupança e conta corrente e R$ 152 mil em espécie.
O socialista Eduardo Campos – terceiro colocado nas pesquisas de intenção de voto, atrás de Dilma e Aécio, respectivamente – declarou ter R$ 546 mil.
Veja a lista:
Eymael (PSDC) 17 milhões
Aécio Neves (PSDB) 2,5 milhões
Dilma Rousseff (PT) 1,75 milhão
Levy Fidelix (PRTB) 649 mil
Eduardo Campos (PSB) 546 mil
Eduardo Jorge (PV) 412 mil
Mauro Iasi (PCB) 204 mil
Luciana Genro (Psol) 185 mil
Pastor Everaldo (PSC) 121 mil
Zé Maria (PSTU) 20 mil
Rui Costa Pimenta (PCO) 0
do Brasil 247

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Eduardo declara ao TSE patrimônio de R$ 547 mil

:

O ex-governador Eduardo Campos (PSB) foi o primeiro dos principais postulantes à Presidência a registrar sua candidatura na Justiça Eleitoral, declarando possuir um patrimônio de R$ 547 mil. No documento, Eduardo diz  possuir uma casa no Recife, um apartamento em Jaboatão dos Guararapes, dois terrenos, quotas no valor de R$ 15 mil da Agropecuária Nossa Senhora de Nazaré, R$ 16 mil em depósito bancário e dois veículos, um Kia Cerato e um Fiat 500.
O valor declarado é similar ao que informa desde as eleições de 2006, quando conquistou o primeiro de seus dois mandatos como governador de Pernambuco. Ele foi acompanhado da sua candidata a vice, Marina Silva. A declaração de bens foi entregue nesta quinta-feira (3) ao Tribunal Superior Eleitoral, que irá torná-la pública nos próximos dias.

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Lançado clipe com o jingle da campanha da presidenta Dilma Rousseff " Dilma coração valente"

Lançado clipe com o jingle da campanha da presidenta Dilma Rousseff, produzido pela agência de João Santana.


ARMANDO E JOÃO PAULO REALIZAM MAIOR CONVENÇÃO POLÍTICA DE PERNAMBUCO

No ultimo domingo 29 de Junho a coligação "Pernambuco Vai Mais Longe", homologou as candidaturas de Armando Monteiro (PTB) a governador, Paulo Rubem Santiago (PDT) a vice-governador e João Paulo (PT) ao Senado, em uma grande convenção  que marcou a largada da chapa majoritária para a campanha eleitoral. O ato reuniu mais de 25 mil pessoas, vindo de caravanas de todas as regiões de Pernambuco. O evento ocorreu na casa de festas Palladium, em Caruaru, no Agreste.


Em seu discurso, Armando Monteiro destacou que, entre as prioridades de seu futuro governo, está o compromisso com a educação e com os investimentos em infraestrutura. Armando também defendeu um desenvolvimento social e econômico mais equilibrado em todas as regiões de Pernambuco, além do reforço nas áreas da saúde, segurança e estímulo aos micros e pequenos empresários.
"Essa aliança tem o compromisso com a interiorização do desenvolvimento, com a educação, de forma a promover uma revolução no Estado. E de construir o melhor ambiente para que os micros e pequenos empresários operem", disse.
Ele também exaltou a importância de um governo que seja marcado pela participação popular, lembrando que já na fase de pré-campanha foram promovidas as plenárias do Pernambuco 14, projeto que realizou 14 reuniões em todas as regiões do Estado e mobilizou mais de 26 mil pessoas. A iniciativa coletou mais de 5 mil propostas para o futuro programa de governo.

Armando Monteiro frisou que em Pernambuco vai montar um palanque para a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). O candidato a governador reforçou a ligação com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e falou sobre a representatividade da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, formada por PTB, PT, PDT, PSC, PRB e PTdoB.
"Se não temos a maior coligação em termos de número de siglas, seguramente que é a mais densa, coerente e que tem mais identidade politica. Vamos caminhar pela coerência. Essa chapa tem o apoio de Lula e Dilma. Lula e Dilma são nossos aliados e temos muita honra de tê-los como aliados. Pernambuco vai reeleger Dilma para continuar esse projeto que vem mudando para melhor a vida do Brasil e de Pernambuco", argumentou Armando.

O Candidato a vice-governador, Paulo Rubem destacou em seu discurso algumas áreas que merecerão atenção no futuro governo. "Precisamos olhar diferente para a agricultura familiar, o cooperativismo, o artesanato, a pesca. Precisamos de uma política pública que beneficie o homem do campo", destacou, lembrando ainda que o povo de Pernambuco tem direito a uma educação de qualidade, um compromisso de Armando.

Já o candidato ao Senado João Paulo salientou a parceria entre os governos do Estado e federal. "Lula sabe da importância de eleger Armando. Pernambuco precisa dar passos à frente", disse o ex-prefeito do Recife, ao lado de lideranças políticas de todo o Estado.
"O legado do PT começou com a vitória de Lula em 2002. Isso só foi possível porque o povo entendeu e escolheu o projeto político de Lula", reforçou João Paulo. "E o ex-presidente me disse que sempre pôde contar com Armando quando precisou e que sua relação com os aliados sempre o dignificou", finalizou.


Marcamos presença 




O blog Venturosa da gente esteve presente acompanhando a maior convenção da historia política de Pernambuco.







A CARAVANA 14 DE VENTUROSA FOI ORGANIZADA POR JOSÉ LEMOS, ESTIVERAM PRESENTE , OS EX-VEREADORES PITU E A PROFESSORA LUCIA E OS VEREADORES CHARLLES DE TONHO E DEDÉ, ESTIVERAM PRESENTE OUTRAS LIDERANÇAS DO MUNICÍPIO COMO DONIZETE ZACARIAS, LULUILTON TENÓRIO, ROBERTO XANDÚ, AÉCIO ZACARIAS E OUTROS QUE ESTÃO TRABALHANDO JUNTOS PARA FORTALECER O GRUPO QUE APOIA DILMA, ARMANDO E JOÃO PAULO EM VENTUROSA. 
Lemos entre amigos



Ex-Vereadora Lucia

sexta-feira, 27 de junho de 2014

É precária a situação do Hospital Regional de Arcoverde, confira nas próprias palavras do vereador de Arcoverde Luciano Pacheco em visita ao hospital no dia 25 de Junho de 2014.

Em pronunciamento, realizado na noite do dia (25.06), na Casa James Pacheco, destaquei a visita que fiz, no final da tarde, ao Hospital Regional Ruy de Barros Correia, em Arcoverde, mais conhecido como Hospital Regional, onde pude constatar sérios problemas que vem ocorrendo naquela unidade médica.

Faltam remédios, não é raro faltar água potável e também destilada(própria para os procedimentos cirúrgicos), faltam até seringas e gazes. Cerca de 49 remédios, básicos ao funcionamento de um hospital de referência como o Regional, estão em falta na farmácia daquela unidade. Dizem ser o "hospital do tiquinho", que vive de pedir a outros hospitais um "tiquinho de seringa", um "tiquinho de gaze" e por aí vai

.
Por outro lado, a UTI do Regional é composta por seis leitos, no entanto os outros três não estão sendo ocupados por falta de medicamentos inerentes à medicina intensivista. Esse detalhe chega a ser interessante: 

enquanto o Estado de Pernambuco tem deficiência de leitos de UTI, em Arcoverde os leitos "sobram". Outro fato grave é que a produtividade e os plantões não vem sendo pagos desde abril. Sem falar que, segundo fontes, a gestora eventualmente aparece e não é vista pelos corredores do hospital desde maio. 
Na minha opinião, o Estado vem sendo omisso com a gestão do Hospital Regional.
A crise é tanta no Regional que onze médicos já pediram demissão, faltam refeições regulares para funcionários e acompanhantes, por várias vezes o hospital teve suas atividades paralisadas (pasmem) por falta d'água, também é comum gestantes serem removidas para "parir" em hospitais de cidades vizinhas.
Ainda quanto a questão do abastecimento no Regional, a falta de água é recorrente, mas mesmo assim ocorre desperdício do líquido precioso. Por exemplo, na enfermaria da ala feminina existe uma torneira com vazamento. Quando a água chega (isso quando chega), fica horas e horas derramando sem que ninguém tome uma providência. Um verdadeiro absurdo.

Por fim, questionei e pedi a Secretaria Estadual de Saúde e ao IMIP - entidade que vai administrar a gestão da UPAE da Cohab I - relatório de atividades daquela unidade que foi inaugurada no final de março. É importante saber se, nesse três meses, a UPAE realizou algum atendimento que possa ter, de alguma forma, desafogado a precária emergência do Regional.
Muitas vezes, autoridades do setor da Saúde de Pernambuco, deram entrevistas em emissoras de TV do Sudeste, no mês de maio, apontando nosso Estado como "referência" em serviços básicos de saúde à população.

Se assim for, em que Estado fica então localizado o caótico e esquecido Hospital Regional de Arcoverde?......

do Blog Buíque Opine.

TRADICIONAL FESTA DE SÃO PEDRO EM BUÍQUE COM CÉSAR MENOTTE E FABIANO


Nesta segunda-feira (30), a Noite em comemoração a festividade de São Pedro será bastante animada, com o show da dupla de irmãos César Menotti e Fabiano e com o estilo vaqueirama forrozeira do cantor Mano Walter.